educação

طراحی سایتطراحی وب سایتwww.arshaweb.comپارتیشنپارتیشن

Assistidos do CAEE aprendem a fazer amoeba caseira

Já estamos comemorando do Dia da Criança no Centro de Atendimento Educacional Especializado (CAEE). Nesta terça-feira (9/10), o filho da coordenadora Luciana Feltmann, Miguel, veio como voluntário dar uma aula divertida, a Oficina de Slime. Ele ensina as crianças como fazer amoeba ou geleca caseira.
Reunidos no auditório e com a supervisão das professoras, eles se divertem com cola, água boricada, bicarbonato de sódio, espuma de barbear, tinta, glitter e outros. É só escolher a cor preferida e mão na massa. Miguel conta que o slime virou moda e gerou milhares de vídeos compartilhados na internet.

  • IMG-20181004-WA0005
    Permalink Gallery

    Dança folclórica promove diversão e interação dos assistidos da Apae

Dança folclórica promove diversão e interação dos assistidos da Apae

O projeto “Treino para a inclusão, esporte e vida”, o “Time V”, realiza atividades envolvendo o bumba meu boi nesta semana. A dança folclórica foi tema da aula com os professores de educação física Mariana F. Machado e Vitor Cratz, e a psicóloga Jessica F. Dalgobbo.

Os assistidos se divertem e interagem enquanto aprendem sobre a dança. Reunidos na quadra de esportes da APAE de Vitória, aprendem sobre os passos, a música, o significado do colorido das roupas.

Esse projeto visa à qualidade de vida e promoção da saúde dos assistidos e seus familiares. Tem duração de um ano e funciona com recursos do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Concav)/ Fundo Municipal para a Infância e Adolescência (FIA).

Atendidos pelo projeto Time V participam de aula de vôlei

E nesta terça (25/09) à tarde, meninos e meninas brincam de vôlei, com a participação do irmão de um de nossos assistidos do Centro de Atendimento Educacional Especializado. É uma ação do projeto “Treino para a inclusão, esporte e vida”, o “Time V”, que faz parte do núcleo de apoio às famílias. A professora de educação física Mariana F. Machado Caldeira e a psicóloga Jessica F. Dalgobbo orientam a atividade.

O projeto visa à qualidade de vida e promoção da saúde dos assistidos e seus familiares.  Tem duração de um ano, com recursos do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Concav)/ Fundo Municipal para a Infância e Adolescência (FIA).

 

  • 028
    Permalink Gallery

    Assistidos aprendem educação para o trânsito brincando com jogo de tabuleiro

Assistidos aprendem educação para o trânsito brincando com jogo de tabuleiro

E a semana começa cheia de animação e atividades na quadra de esportes da APAE de Vitória. Os professores do Centro de Atendimento Educacional Especializado realizam hoje (17/09) uma atividade sobre educação para o trânsito com o uso de jogo de tabuleiro como recurso pedagógico.

Um jogo de tabuleiro gigante foi instalado na quadra, com semáforo, faixa e carros em miniatura.  Os assistidos participam desse jogo que ensina e estimula a educação no trânsito com linguagem voltada para crianças e adolescentes. Vale ajudar o colega com dicas.

É só jogar o dado, andar a casa indicada e dar resposta à pergunta sorteada. Se a resposta estiver correta é só seguir para outra casa. Meninos e meninas se divertem com os carrinhos de papel, brincam e aprendem ao mesmo tempo.

Esporte adaptado anima a quadra da Apae

Hoje (2) acontece mais uma rodada de esporte adaptado na quadra da APAE de Vitória. Os professores de educação física Mariana Machado e Vitor Cratz, além da psicóloga Jessica F. Dalgobbo, coordenam o jogo entre meninos e meninas. É uma atividade de interação dos assistidos do Centro de Atendimento Educacional Especializado e do Centro de Convivência.

Essa é mais uma atividade da instituição envolvendo o esporte na busca pela promoção da inclusão social.

  • IMG_20180801_090352994
    Permalink Gallery

    Alunos aprendem a fazer biscoitos em oficina na cozinha experimental

Alunos aprendem a fazer biscoitos em oficina na cozinha experimental

E hoje (01/08) nossa manhã começa com gostosuras. A presidente da instituição, Maria Luiza Dadalto, recebeu biscoitos quentinhos produzidos na Oficina de Gastronomia, com a agente educadora em Cozinha Gláucia Tete. As aprendizes Suzana, Suliana, Cleudiana e Séfora fizeram questão de entregar os biscoitos que acabaram de sair do forno. Ficaram uma delícia, parabéns!

A agente educadora Gláucia Tete explica que orienta os alunos sobre o tempo de preparo do alimento, a contar os minutos no relógio, a separar com antecedência o material necessário, a forma de preparar e a manutenção da limpeza.

Essas atividades acontecem na cozinha experimental, que proporciona aos aprendizes e seus familiares cursos na área de gastronomia. É um espaço equipado e preparado para a qualificação profissional, na área de auxiliar de cozinha, ou para o trabalho familiar (autônomo e cooperativo), facilitando o processo de inclusão social pelo qual a instituição luta há 53 anos.

 

Treino para a inclusão, esporte e vida na Apae

\”Treino para a inclusão, esporte e vida\” é o nome do projeto realizado desde abril com os assistidos do Centro de Atendimento Educacional Especializado Zezé Gabeira. Na quadra da APAE de Vitória, meninos e meninas se divertem durante as atividades.

A professora de educação física Mariana F. Machado Caldeira e a psicóloga Jessica F. Dalgobbo fazem acompanhamento dos aspectos motor, cognitivo e socioafetivo dos meninos durante os treinos. Elas usam bolas, cones, apitos, cordas e bambolês na realização dos jogos . O projeto tem duração de um ano, com recursos do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Concav)/ Fundo Municipal para a Infância e Adolescência (FIA).

Apae recebe alunos da Faculdade Estácio de Sá para Projeto Dia Legal

Recebemos nesta quarta-feira (30) a visita de alunos da Faculdade Estácio de Sá de Vitória para mais uma edição do Projeto Dia Legal. Ao lado da professora Rosangela da C. Loyola, os estudantes de educação física e de jornalismo coordenaram atividades de lazer com os aprendizes de nosso Centro de Convivência, como apresentação de skate, aula de zumba e brincadeiras. Os aprendizes da Apae fizeram apresentação de teatro, dança e congo.

Durante um período, os estudantes visitam a instituição para fazer atividades físicas com os atendidos do Centro de Atendimento Educacional Especializado e do Centro de Convivência.

A professora Rosangela Loyola explica que durante as brincadeiras realizadas eles trabalham noção de espaço, reação e velocidade e vida diária.

Obrigada por essa manhã animada e voltem sempre!

  • 108
    Permalink Gallery

    Aprendizes do Senac apresentam teatro e música para assistidos da Apae

Aprendizes do Senac apresentam teatro e música para assistidos da Apae

A APAE de Vitória recebeu nesta quinta-feira (03/05) a visita de adolescentes da Turma 185/2017 do curso de Aprendizagem Profissional Comercial em Serviços Administrativos do Senac. Eles fizeram apresentação de teatro, dança, fantoches e brincadeiras para os assistidos do Centro de Atendimento Educacional Especializado (CAEE).

A visita faz parte da conclusão do nosso Projeto Integrador, que tem como foco transmitir os conhecimentos adquiridos em sala de aula de forma prática. A instrutora de ensino Thais Evangelista explica que os alunos construíram um cerimonial kids “O Mundo Mágico 185: Onde a magia acontece! ”, com recreações como dança, teatro, música, brincadeiras, pinturas de rosto. Objetivo é  que os aprendizes desenvolvam atividades para o entretenimento do público.

A analista de educação profissional do Senac, Maria Carolina Drago, destaca que entre as atividades estão a documentação e a apresentação prática do projeto, que no caso é a recreação oferecida por um cerimonial. É também mais uma forma de integração com a comunidade.

Os aprendizes do Senac se encantaram com os assistidos da Apae e como eles interagiram com a turma. A aprendiz Julia Almeida, de 16 anos, contou que esperava outro tipo de público. \”Esperava crianças mais quietas, mas amei, achei os meninos maravilhosos, eles se divertiram com a gente\”.

Caleb Farias Oliveira, de 14 anos, gostou da rapidez como os meninos da Apae começaram a interagir. \”Eles se enturmaram logo com a gente, cantaram\”, disse.

Filho de uma pedagoga formada em educação especial, Gabriel Leite dos Santos, 16 anos, queria muito fazer a visita. \”Minha mãe sempre nos orienta em casa, ela ama o que faz, por isso eu estava ansioso para participar dessas atividades na Apae. Foi só aplicar o que aprendemos e ensaiamos\”, contou.

Felipe Ferrari, de 17 anos, disse que os sorrisos ajudaram e facilitaram a realização do projeto integrador.

A turma do Senac foi recebida pela coordenadora do CAEE, Luciana Feltmann, e pelas professoras. No final, os aprendizes formaram um lindo coral e cantaram a música \”Aquarela\”, acompanhados por violão. Os assistidos da Apae cantaram junto e agradeceram a visita. Voltem sempre!

Passeio pelo mundo virtual

Os aprendizes do Centro de Convivência da APAE de Vitória visitaram ontem à tarde (2/4) o espaço da VREX, instalado no Shopping Vitória. Ao lado do professor de educação física Vitor Cratz, eles se divertiram com as opções de experiências com a realidade virtual, com uso de óculos 3D. Agradecemos mais uma vez o convite da empresa.