O Centro de Convivência da APAE de Vitória está em festa. Fundado em maio de 2010, completa 5 anos, e se enfeitou com fotos e artesanato para comemorar.

Em maio de 2010, durante café da manhã comemorativo aos 45 anos da APAE de Vitória, era inaugurado o Centro de Convivência.

Mostra de trabalhos e recordações dos 5 anos, apresentações culturais encheram a instituição de cores e atividades.

Na terça-feira, uma linda apresentação da Orquestra de Violinos do Instituto João XXIII encantou aprendizes, familiares e funcionários.

A música também foi a atração dessa quarta-feira (27) pela manhã, com apresentação da Banda Marcial da Escola Heloísa Abreu Judice de Mattos.

Qualidade de vida

O Centro de Convivência tem a finalidade de promover autonomia, inclusão social e a melhoria da qualidade de vida das pessoas com deficiência intelectual acima de 13 anos e suas famílias.

Possui uma equipe especializada, composta de assistente social, psicóloga, terapeuta ocupacional, instrutores e oficineiros. Executa suas atividades diretas para o usuário, através de oficinas sócio-terapêuticas.

As ações deste Centro prevêem a ampliação da rede de pessoas com quem as famílias e os aprendizes convivem e compartilham cultura, troca de vivências e experiências.

É composto por três programas: Profissionalizante, Ocupacional e Específico. O Profissionalizante prepara o aprendiz para ingressar no mercado de trabalho. O Ocupacional tem como público os que não apresentam, naquele momento, condições de serem submetidos a um processo de profissionalização. E o Específico consiste em oficinas e atendimento personalizado.